O ano era 1995 e, no final de dezembro desse ano, eu e minha família comemorávamos a maior conquista da minha vida aos 17 anos: tinha acabado de passar para o Curso de Medicina na UFRJ. Filho de pai e irmã médicos, a pressão foi grande para seguir os mesmos passos. Somos muito jovens na época em que temos que escolher a “profissão da vida” e facilmente nos deixamos levar por pressão externa. Minha matéria preferida sempre foi matemática; sempre tive facilidade em decorar números e fazer contas de cabeça, mas acabei me formando médico em 2001 e já iniciei a residência médica em nefrologia também na UFRJ, onde fiquei até 2005.

 

Foto de 2001, assinando a documentação do Cremerj para pegar a carteira de médico.

Foto de 2001, assinando a documentação do Cremerj para pegar a carteira de médico. 

 

Trabalhando como nefrologista, tive bons parceiros de profissão, que me fizeram evoluir rapidamente na parte técnica, o que me abriu portas para ter a oportunidade de comprar uma participação e entrar de sócio em uma empresa de diálise em 2009. A empresa cresceu bastante, chegando a 300 funcionários e tornando-se a maior empresa de diálise à beira do leito do Rio de Janeiro. Com o crescimento da empresa, sentimos a necessidade de profissionalizar a gestão, e foi então que assumi a parte administrativa e financeira da empresa. Mais uma vez inspirado pelo Dr. Edson, meu querido pai, que dentro da medicina teve vários cargos de gestão e tem um espírito empreendedor admirável, entrei de cabeça nesta oportunidade e senti a necessidade de aprimorar a parte teórica da gestão, o que me levou ao MBA de Gestão em Saúde no COPPEAD-UFRJ em 2011 e ao MBA de Finanças no IBMEC em 2014.

Foto de 2011, placa de identificação do MBA COPPEAD em gestão de saúde.

Foto de 2011, placa de identificação do MBA COPPEAD em gestão de saúde.

Apesar de o primeiro curso ter me aberto muitas portas profissionais e me dado todo embasamento teórico de gestão, o segundo foi responsável por me apresentar de forma mais organizada à paixão que sempre tive pela área de investimentos. Como sempre tive bom networking, facilidade com números, paixão por investimentos, e os amigos já me perguntavam o que fazer com o dinheiro, vi a grande oportunidade de pivotar para uma nova profissão em que eu pudesse trabalhar com o que eu mais gostava. Analisei a indústria e descobri que a maneira mais fácil de entrar para o Mercado Financeiro nesta idade seria através da profissão de Assessor de Investimentos. Corri para baixar apostilas sobre o tema na internet e, em 2015, tirei minha certificação na Ancord, que é uma certificação essencial para trabalhar nesta profissão. 

 

Neste mesmo ano, me juntei a um amigo economista e decidimos montar um escritório de assessoria de investimentos ligado à XP. Como a maior quantidade de conhecidos e amigos era da área médica, resolvemos colocar um nome que tivesse duplo sentido, nichando neste público, e abrimos a Health Invest. Poucos meses após ter aberto o escritório, nesta época ainda em um coworking, conheci meu atual sócio André Meireles, que já tinha uma empresa desde 2008, a Way Investimentos, mas estava também começando sem nenhum cliente o escritório recém-credenciado na XP. Percebemos que tínhamos os mesmos valores e decidimos nos juntar na Way no final de 2015.

Como ainda fazia a gestão da empresa de diálise, fui crescendo minha carteira de clientes em uma velocidade muito inferior à que eu gostaria, porém, em meados de 2018, a empresa de diálise foi comprada pela maior empresa de diálise do mundo, que estava entrando no Brasil e estava começando a fazer aquisições para tentar consolidar o mercado. Esta era a oportunidade que faltava para poder me dedicar 100% à profissão que me faz todos os dias sair de casa bem-humorado para ir ao trabalho, à profissão que me faz completamente realizado. Tendo liberado mais tempo, em 2018 mesmo tirei mais uma certificação de peso, a de CFP, que apresenta outras áreas que não só a de investimentos, como a área de planejamento financeiro, seguros, sucessão patrimonial, previdência e noções de planejamento fiscal. 

Minha carteira de clientes ganhou tração até chegar atualmente a uma carteira de aproximadamente 220 milhões de Reais sob assessoria. Olhando para trás, vejo o quanto o estudo me fez chegar até aqui, sendo bem-sucedido como médico e hoje como assessor de investimentos. Sou grato por ter tido a chance de começar a profissão que me dá brilho nos olhos aos 37 anos de idade, de ter uma esposa e filhos que foram super compreensivos com minha ausência durante este período de transição, de ter um pai com uma história inspiradora que me fez buscar sempre mais e me facilitou a educação e os valores que carrego, e de ter tido a coragem de correr atrás do que realmente me faz feliz, deixando para trás uma profissão cobiçada por muitos e uma vida já estruturada para começar do zero uma nova profissão. 

 

Também não poderia deixar de agradecer meus queridos sócios e colaboradores atuais e os que por aqui já passaram, que fizeram com que esta jornada fosse muito mais suave. Desejo coragem, resiliência e sorte para os que não se sentem completamente realizados e que também pensam em reescrever a sua história!

 

A Way Investimentos– Assessores de Investimentos Ltda é uma empresa de agentes autônomos de investimento devidamente registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), na forma da Resolução 178/2023. A Way Investimentos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda atua no mercado financeiro através da XP Investimentos CCTVM S/A, o que pode ser verificado através do site da CVM (www.cvm.gov.br > Agentes Autônomos > Relação dos Agentes Autônomos contratados por uma Instituição Financeira > Corretoras > XP Investimentos) ou através do site da ANCORD para escritórios credenciados a partir de outubro de 2012 (http://www.ancord.org.br/Website_Ancord/index.html > Agentes Autônomos > Consultas) ou através do site da própria XP Investimentos CCTVM S/A (www.xpi.com.br > Encontre um escritório > Selecione abaixo o estado e a cidade que deseja pesquisar > Veja a lista dos agentes autônomos). Na forma da legislação da CVM, o agente autônomo de investimento não pode administrar ou gerir o patrimônio de investidores. O agente autônomo é um intermediário e depende da autorização prévia do cliente para realizar operações no mercado financeiro. Esta mensagem, incluindo os seus anexos, contém informações confidenciais destinadas a indivíduo e propósito específicos, sendo protegida por lei. Caso você não seja a pessoa a quem foi dirigida a mensagem, deve apagá-la. É terminantemente proibida a utilização, acesso, cópia ou divulgação não autorizada das informações presentes nesta mensagem. As informações contidas nesta mensagem e em seus anexos são de responsabilidade do seu autor, não representando necessariamente ideias, opiniões, pensamentos ou qualquer forma de posicionamento por parte da Way Investimentos – Agente Autônomo de Investimentos Ltda. O investimento em ações é um investimento de risco e rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. Na realização de operações com derivativos existe a possibilidade de perdas superiores aos valores investidos, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Para informações e dúvidas, favor contatar seu agente autônomo de investimentos. Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria da XP Investimentos no telefone no 0800–722–3730.

© Copyright - Way Investimentos - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Nortti Sistemas
WhatsApp