Renda Fixa

Títulos Públicos Federais

Emitidos pelo Governo por meio do Tesouro Nacional, esses títulos têm a finalidade de captar recursos para o financiamento da atividade pública e são de baixo risco.

Eles possuem um preço unitário, que é o valor pelo qual são negociados os Títulos Públicos, e são uma estimativa do valor a ser recebido, corrigido por uma taxa de juros determinada, configurando a remuneração de quem investe.

Aqui, a relação entre a taxa de juros e o preço é inversamente proporcional. Quando a taxa de juros cai, o preço sobe, e vice-versa. Essa variação será maior quanto maior for o prazo remanescente do título. Nesse caso, a única exceção é a LFT, que é corrigida diariamente pela taxa Selic.

A sua remuneração pode ser pré ou pós-fixada, tendo liquidez diária pelo Tesouro Direto e cotação diária pela Mesa de Operações da XP, tanto para venda quanto para compra.

Esse investimento vale para diferentes prazos e objetivos, como caixa, geração de renda e para evitar a depreciação de capital em longo prazo.

As opções de Títulos Públicos que você pode adquirir se dividem em:

· Tesouro Selic (LTF)
· Tesouro IPCA + com Juros Semestrais (NTN-B)
· Tesouro IPCA + (NTN-B PRINCIPAL)
· Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F)
· Tesouro Prefixado (LTN)

Para saber exatamente como e onde negociar esses títulos, acesse o site da XP: www.xpi.com.br